Café solúvel ou café instantâneo

Café solúvel ou café instantâneo

Bem-vinda e bem-vindo ao site Café que Marca!

Neste texto, vamos abordar um tema que sempre gera muita dúvida nas pessoas.

O café solúvel ou café instantâneo.

As pessoas sempre perguntam se o café solúvel ou instantâneo é bom, se faz bem, como é produzido, entre outros temas.

Vamos tentar responder todas as dúvidas.

E, caso tenha ficado alguma questão sem responder, deixe nos comentários.

É sempre muito bom receber mensagens e dúvidas dos nossos leitores.

Café Solúvel ou Café Instantâneo - Fonte ABICS
Café Solúvel ou Café Instantâneo – Fonte ABICS

Afinal, o que é café solúvel ou café instantâneo?

Café solúvel ou instantâneo é um produto produzido a partir do café e da água.

Basicamente, é produzida a bebida café e, posteriormente, desidratada, restando somente a parte sólida. 

Ou seja, é um café que passou por processos físicos e químicos e se transformou em um pó ou em grânulo.

Esse pó ou grânulo pode ser posteriormente dissolvido em água para a preparação da bebida café.

Quanto ao nome, ele pode ser chamado de solúvel, exatamente pelo seu método de preparo, ou instantâneo, pois basta ser dissolvido em água ou leite que já está pronto.

A praticidade de preparo é um grande ponto positivo do café solúvel.

Como surgiu o café solúvel ou instantâneo

De acordo com o site da Associação Brasileira da Indústria do Café Solúvel, esse tipo de café surgiu na Grâ-Bretanha no ano de 1771 e recebeu a denominação de composto de café.

Na América, os registros indicam que esse produto surgiu em 1851, tendo sido muito utilizado pelos soldados durante a Guerra Civil americana.

O café fornecia energia e era muito utilizado em momentos de descanso.

Em períodos de guerra, produtos que são facilmente transportados e que possuem pouco peso, são muito valorizados.

O café solúvel apresentava essas características e ainda tinha uma vantagem: podia ser facilmente preparado adicionando água quente, dispensando equipamentos como bules, filtros etc.

Vale ressaltar que o café solúvel também teve importante participação nas Grandes Guerras Mundiais.

Porém, o processo de fabricação do café instantâneo ainda era rudimentar e não garantia a homogeneidade do produto final.

Foi em 1901 que o químico japonês, mas residente em Chicago nos Estados Unidos, Satori Kato que desenvolveu o primeiro método de produção de café solúvel estável. 

Sua invenção foi patenteada em 1903.

Já em 1910, um inventor americano acabou desenvolvendo seu próprio método de preparo de café instantâneo.

Esse inventor era George Constant Louis Washington, que acabou fundando a sua própria empresa de café, a G. Washington Coffee Company com o objetivo de comercializar a sua invenção.

Posteriormente, a Nestlé aperfeiçoou e desenvolveu um novo método de produção de café solúvel.

A pedido da companhia suiça, o químico Max Morgenthaler foi o responsável pela evolução do método.

Em 1937, ele apresentou à empresa a sua invenção, que é a base do processo atual de produção do café instantâneo.

Sua invenção consistia em um pó que podia ser dissolvido em água e que mantinha as características de um café produzido na hora, de um café fresco.

Conseguem adivinhar qual marca de café surgiu a partir dessa invenção?

Isso mesmo!

O Nescafé, que foi lançado em 1938 na Suíça.

Sucesso absoluto na Europa foi expandido para outras regiões.

Embalagem original Nescafé - Fonte Site Origem das Coisas
Embalagem original Nescafé – Fonte Site Origem das Coisas

E qual a relação do Brasil com a Nestlé na criação do café solúvel?

Ah, essa é uma parte muito interessante da história mundial e, obviamente, do Brasil.

A Nestlé iniciou os estudos para o desenvolvimento do café solúvel a pedido do governo brasileiro por volta do ano de 1930.

Nesta época, o Brasil era governado por Getúlio Vargas e o mundo passava por uma grande crise causada pela quebra da Bolsa de Nova Iorque em 1929.

Essa crise afetou enormemente a comercialização do café brasileiro, um dos principais produtos exportados pelo país naquela época.

E sabem quem era o principal comprador do café brasileiro?

Era exatamente os Estados Unidos.

Toneladas de café foram queimados como saída para diminuir a quantidade do produto em uma tentativa de influenciar no preço do produto. 

Com grande sobra de café no Brasil, o governo acionou a Nestlé para que desenvolvesse um produto que pudesse conservar o produto por mais tempo.

Como vimos acima, a Nestlé acabou desenvolvendo uma solução de café solúvel e lançando a marca Nescafé.

Quer dizer que o café instantâneo chegou ao Brasil em 1938?

Na verdade, não.

Apesar do desenvolvimento do café solúvel pela Nestlé ter sido realizado a pedido do governo brasileiro, o café instantâneo só chegou ao país por volta de 1953, após se tornar uma febre mundial.

Na década de 60, as fábricas de café solúvel começaram a ser construídas e, atualmente, o Brasil é o líder mundial na produção e exportação de café instantâneo.

E como é produzido o café solúvel?

As etapas de produção do café instantâneo envolve os processos de torrefação, moagem, extração e secagem.

E, atualmente, todos esses processos envolvem o uso de alta tecnologia e qualidade. 

O café solúvel é composto por somente água e café e não pode ter nenhum aditivo ou conservante.

Na figura abaixo, publicada originalmente no site da ABICS, você conhece detalhadamente todas as etapas que o café passa para chegar ao café solúvel que você compra.

Processo de fabricação do café solúvel
Processo de fabricação do café solúvel
Vídeo explicando como é produzido o café solúvel ou instantâneo

Secagem do café solúvel

Entre todas as etapas de produção de café solúvel, vamos destacar a de secagem, em que dois métodos podem ser utilizados.

Secagem por congelamento ou Freeze drying (Liofilização )

Você já deve ter lido nas embalagens dos cafés solúveis o termo liofilização.

E como o próprio nome diz, os grânulos molhados são congelados e, posteriormente, secados pelo processo de sublimação, que é a passagem direta do estado sólido para o gasoso.

É um processo mais caro, mas resulta em um produto de mais qualidade do que os outros processos.

Secagem de pulverizador

Este tipo de secagem tem custo menor do que o de congelamento. 

É mais rápido, mas pode produzir partículas muito finas que, posteriormente, devem ser aglomeradas em equipamentos específicos.

E quais são os produtos resultantes do processo de fabricação do café solúvel?

A partir do processo de fabricação do café solúvel, é possível chegar em diferentes produtos que são utilizados por diversas indústrias e não somente para o café instantâneo.

Abaixo, os principais produtos, de acordo como site da ABICS.

  • Café Solúvel Spray dried
  • Café solúvel aglomerado
  • Café solúvel freeze dried
  • Extrato de café
  • Óleo de café

Spray dried: é o café solúvel em pó, em que o extrato de café é submetido a altas temperaturas e pressão. Isso aumenta a concentração do produto. Depois, passa por um processo de secagem por meio de ar quente, transformando o café em pó.

Aglomerado: é produzido a partir do café spray dried, porém, é submetido ao processo de aglomeração, que mistura o pó com vapor para chegar na granulometria desejada. Esse processo consegue fabricar um produto uniforme, que se dissolve facilmente, mantendo o aroma e sabor do café.

Freeze dried / Liofilizado: o café é congelado a incríveis -40ºC, é moído, seco e sublimado. Este processo consiste na desidratação do café, o que preserva as qualidades aromáticas, deixando a bebida mais encorpada.

Extrato de Café: o extrato de café, produto concentrado, é utilizado por outras indústrias como as de alimentação, bebidas e em restaurantes.

Óleo de café verde: é obtido pela prensagem a frio dos grãos de café, sendo muito utilizado na indústria alimentícia e de cosméticos. É rico em triglicerídeos, ácidos graxos e compostos como vitamina B3.

Preparado de café: é uma mistura do café solúvel em pó spray dried com açúcar granulado. Essa mistura é moída e refinada, muito utilizada em outros países.

Mais um vídeo explicando o processo de produção do café solúvel ou instantâneo

Como é produzido o café solúvel ou instantâneo

Gostou do texto?

Deixe nos comentários.

Compartilhe

Veja mais no site Café que Marca

RECEITAS

NOTÍCIAS

MARCAS DE CAFÉ

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.